01/02/2018

Como investir aos 25 e aos 45 para se aposentar rico

 melhores aplicações variam de acordo com a idade e o perfil de cada um como investir aos 25 e aos 45 para se aposentar rico - infomoney veja mais em: http://www.infomoney.com.br/onde-investir/previdencia/noticia/7227988/como-investir-aos-aos-para-aposentar-rico
01/02/2018

Presidente da CNseg comenta o mercado de seguros

 fonte: cnseg em entrevista à rádio cnseg, o presidente da entidade, marcio coriolano, afirmou que “um dos combustíveis da indústria de seguros é o emprego, assim como a renda e o produto”, e reforçou a importância dos seguros educacional e prestamista para a proteção e organização das finanças dos brasileiros.
01/02/2018

Presidente da Aconseg-RJ vê 2018 com confiança

 fonte: portal nacional de seguros por vania absalão com a previsão de recuperação da economia, o presidente da aconseg-rj, luiz philipe baeta neves, vê 2018 como um ano que inspira confiança para o setor de seguros. segundo ele, o controle da inflação e a redução dos juros são fatores que aumentam o poder de compra da população e, consequentemente, a procura por seguros. “apesar de ser um ano eleitoral, há um grande otimismo no mercado financeiro nacional e internacional. acreditamos que o mercado de seguros brasileiro tem muito espaço para crescer”, afirma. o executivo aponta ainda quais segmentos do mercado vão merecer atenção esse ano. graças à retomada da produção de automóveis no país, e com a previsão do decréscimo da sinistralidade na carteira deste setor e do de transportes, pode haver avanço nessa área. “também é nossa expectativa que teremos aumento na produção das carteiras de saúde e vida”, diz. na gestão da associação, o objetivo é manter a estratégia de 2017: “time que está ganhando não se muda”. luiz philipe baeta neves afirma que as parcerias firmadas até agora seguirão, e promete continuar o investimento pesado na qualificação dos corretores, funcionários de corretoras e assessorias de seguros. “continuaremos contando com os serviços da vtn comunicação, da segbox e do indorrh - com o qual firmamos parceria para a realização de nossos cursos, que já diplomaram mais de 100 profissionais”, garante. os eventos em homenagem às seguradoras parceiras são outra frente de sucesso que prosseguirá. “esses encontros são muito produtivos, pois temos a oportunidade de falar sobre nossas operações, sugerir melhorias nos processos e aproximar os executivos das assessorias e das companhias”, explica baeta neves. ele aproveita para relembrar que a instituição firmou importantes parcerias com seguradoras e operadoras de saúde em 2017. “ainda não fechamos as estatísticas dos últimos 12 meses, mas algumas seguradoras do primeiro escalão tiveram aumento superior a 40% em suas produções oriundas das assessorias da aconseg-rj”, comemora. o presidente destaca, por fim, algumas metas alcançadas. entre elas, o aumento do número de assinantes e a renovação do layout da revista da aconseg-rj, além de sua distribuição, por via eletrônica, para todo o brasil. “passamos a ter uma visualização a nível nacional, agradando aos corretores e seguradoras anunciantes”, relata.  
01/02/2018

Por que um seguro de vida individual é cada vez mais importante

 apólices incluem coberturas para doenças graves e indenizações que podem ser usadas em vida. fonte: g1 por tokio marine se você nunca pensou em fazer um seguro de vida, é hora de mudar de ideia. ainda pouco procurado pelos brasileiros, ele oferece uma série de benefícios focados na qualidade de vida do segurado. entre eles estão a indenização para diagnóstico de doenças graves, serviços para manter a saúde em dia e descontos em rede conveniada. a penetração desse segmento ainda é pequena no brasil, onde apenas 5% da população possui seguro de vida individual. na maior parte dos seguros de pessoas, os segurados dependem apenas dos planos de vida em grupo (34%), que são aqueles contratados por empresas para seus funcionários. essa modalidade, no entanto, só garante os benefícios enquanto a pessoa estiver empregada, perdendo o seguro em caso de demissão. com as recentes mudanças nas leis trabalhistas, que reduziram as despesas para as empresas demitirem, o funcionário precisa estar atento a esse ponto. qualidade de vida hoje há diversos benefícios para serem usados em vida inclusos nas apólices. com foco no bem-estar dos segurados, os pacotes podem incluir indenização para ajudar no tratamentos de doenças, indenização por diárias de internação hospitalar, entre outros, que se tornam cada vez mais importantes com o aumento da expectativa de vida. recentemente a seguradora tokio marine lançou o seguro de vida individual que permite a contratação da cobertura de doenças graves. os produtos vida homem e vida mulher além de cobrir o diagnóstico de câncer, ainda oferecem combos que garantem indenização para os principais tipos de doenças, como avc, infarto, transplante, alzheimer, insuficiência renal, perda de audição, bypass, cegueira, embolia pulmonar, esclerose múltipla e paralisia de membros. existem também opções de coberturas para invalidez permanente ou parcial por acidente e indenização por internação hospitalar e uti. com tudo isso, a indenização pode ser usada para o tratamento do segurado e o foco do seguro passa ser a qualidade em vida. serviços extras além de todas essas coberturas, ainda são oferecidos serviços úteis para a saúde. é o caso do aplicativo vida saudável, que auxilia em cuidados do corpo e da alimentação com ajuda de profissionais; o farma assist, que oferece praticidade, conveniência e economia com farmácias conveniadas; e a rede de descontos exclusivos para clientes tokio marine. outras vantagens são a privacidade e simplicidade na declaração de saúde que é feita através de tele-entrevista por enfermeiros e enfermeiras, a vigência de contrato por cinco anos e coberturas com preços diferenciados para mulheres.
22/12/2017

Gaspar Luiz Machado, 60 anos dedicados ao Mercado Segurador

 a união seguradora, empresa do grupo aspecir presta homenagem ao criador do sistema de assessoria de seguros, senhor gaspar luiz machado. o evento ocorreu na sede do grupo nesta quarta-feira, 20 de dezembro. na ocasião, foi entregue uma placa de reconhecimento pelo presidente milton machado do grupo aspecir. para ele é uma grande satisfação parabenizar o sr. gaspar que completou 76 anos de vida no dia 15 de dezembro e 60 anos dedicados à atividade de seguros. fundador, no rio grande do sul, da galuma’s assessoria de seguros o sr. gaspar ficou muito emocionado com a homenagem e agradeceu dizendo o quanto aquele momento era importante para ele e seus filhos, pois coroava uma jornada feita sempre com o olhar para o futuro, de cabeça erguida, deixando como legado honestidade, dedicação e companheirismo. acompanharam a homenagem o diretor comercial da união seguradora, sr. joão carlos lock, carlos alfredo radanovitsck da área jurídica, antônio coutinho da área técnica e o comercial marco rocha e rafael heck machado da galuma’s.
30/11/2017

Grupo Aspecir apoia o Festival Hípico Noturno

 dos dias 23 a 26 de novembro de 2017 a mais antiga e tradicional competição hípica teve sua 58ª edição. o festival hípico noturno reuniu atletas de alta performance em suas pistas de extrema exigência esportiva em quatro dias de competições. com a participação de 280 conjuntos (cavalo+cavaleiro) o evento teve em disputa diversas categorias, de iniciantes a profissionais, onde a série principal sempre foi disputada a noite, na exigente pista de grama do 4º regimento de polícia montada em porto alegre. na manhã de sexta-feira, 24 de novembro, deram-se início as provas na carrière de areia do regimento bento gonçalves. a prova de número 4, aspecir previdência foi da categoria de cavalos novos de 5 e 6 anos, que estão no início de sua carreira hípica e são apresentados por cavaleiros profissionais para segurança de suas formações. o vencedor da prova foi o cavalo sindo joter iii com luiz otávio cabral, da sociedade hípica porto alegrense e o vice-campeão foi jcr un-blanc-de-mont blanc apresentado por fábio luís gonçalves do centro hípico recanto do pinheiro. o comitê organizador, sob o comando do major carlos magno junto com o subcomandante capitão menezes e equipe, entregou a qualidade de sempre na edição número 58 do evento: competições de alto nível, ambiente descontraído e agregador, festas e muito alto astral, e ainda 57 mil reais em premiação geral. www.festivalhipiconoturno.com.br  www.facebook.com/hipico.noturno
10/11/2017

Urbim, uma vida dedicada ao Mercado Segurador

 nesta sexta-feira, 10 de novembro, o grupo aspecir e a união seguradora receberam em sua sede a marrocos corretora de seguros para homenagear o sr. nilton jair carlos urbim que completa 70 anos de vida no dia 11 de novembro e 50 anos de mercado segurador. na ocasião, o presidente milton machado do grupo aspecir entregou ao sr. urbim uma placa salientando a perseverança, honestidade e credibilidade desses anos de dedicação ao mercado segurador. o sr. urbim que chegou a porto alegre já fazem 50 anos, disse se sentir muito agradecido por chegar até aqui rodeado de amigos. “quero agradecer a todos vocês de coração, estou muito lisonjeado com a homenagem”. presentes ao evento: o presidente milton machado, carlos alfredo radanovitsck, o diretor júlio machado e maurício dória do grupo aspecir, o diretor comercial joão carlos lock e marco rocha da união seguradora, o homenageado nilton jair carlos urbim e diovani b. urbim da marrocos corretora de seguros.
08/11/2017

Planeje o seu futuro

 é planejando que se constrói um futuro tranquilo. confira as dicas do pastor martin dreher para fazer a sua previdência.
30/10/2017

Troféu JRS – 15 anos

 a grande festa do troféu jrs, ocorreu na sexta-feira, dia 27 de outubro. mais de 1 mil convidados prestigiaram os grandes homenageados, que representam o setor segurador como um todo. ao todo, 48 troféus foram concedidos pela comissão organizadora dos 15 anos do troféu jrs. o grupo aspecir, um dos homenageados, prestigiou o evento com a presença do presidente milton machado, da diretora terezinha domingues de oliveira, da área jurídica carlos alfredo radanovitsck, da área técnica antônio nazario coutinho e na área comercial: fábio ribas, ilton manique machado, samantha valle, joão lock, marco rocha, janete roque, maurício dória, patrícia de oliveira, vanessa borges, cacilda belles e renata ribeiro.   

Blockchain: ameaça ou oportunidade no mercado de seguros?


22/09/2017
Especialistas debatem os impactos da tecnologia no setor durante o 11º Insurance Service Meeting

O Blockchain já é considerada por muitos uma revolução silenciosa, mas só o tempo vai dizer se essa tenologia será avassalora ou não para a economia digital. O presente e o futuro desta ferramenta e o impacto que ela pode causar no mercado de seguros foram debatidos na palestra sobre Blockchain, realizada no 11º Insurance Service Meeting, paralelamente à 8ª CONSEGURO, com a participação de Mario Robredo, gerente sênior de Inovação e Novos Negócios Banking da Indra; Paulo Kurpan, superintendente executivo de Negócios da CNseg; e Marcio Alexandre Malfatti, sócio da Pimentel e Associados Advogados. A moderação foi feita por Fabio Leme, vice-presidente Técnico da *** Seguros.

Blockchain (na tradução livre “cadeia de blocos”) são bases de registros e dados distribuídos e compartilhados, que têm a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. Funciona como o livro-razão da contabilidade, só que de forma pública, compartilhada e universal, com base no consenso e confiança entre as pessoas, sobre todas as informações, saldos e transações.
A tecnologia possibilita as movimentações feitas com moedas digitais (Bitcoins ou criptomoedas), ao validar as transações financeiras. Trata-se de uma ferramenta que faz com que as trocas monetárias sejam descentralizadas, transparentes e disponíveis para a conferência pública, diminuindo os riscos de fraudes e sem a necessidade de um banco central para a análise dos dados.

Mas o que isso pode significar para os setores da economia, incluindo o de seguros? Mudanças drásticas nas relações comerciais e sociais. Mario Robredo explicou: "O Blockchain permite aprimorar serviços e produtos no mercado de seguros, aperfeiçoando o relacionamento entre empresas e clientes e oferecendo mais rapidez e agilidade nos processos. Por esse motivo, pode gerar uma redução de custos e também dos riscos que envolvem a operação de seguros".

Segundo Mario, o blockchain tem potencial disruptivo, pois é capaz de combinar diversas tecnologias. "Pode ser utilizado pelo celular, é composto por moedas digitais e está associada à tecnologia bancária. É a peça que faltava na economia digital", opinou.

A aplicação do blockchain no mercado de seguros pode ser feita nos processos de sinistros – do aviso ao pagamento; ou para a análise do seguro e dos riscos que envolvem a admissão da apólice. Sobre a inserção dessa tecnologia no dia a dia das seguradoras, Paulo Kurpan afirma que não vê isso acontecendo a curto prazo.

"Estamos vivendo um momento de transição, no universo das possibilidades. O blockchain traz ameaças e oportunidades para o mercado de seguros. O bom é que o nosso setor está em linha com o que está acontecendo no mundo. A CNseg está atenta às inovações que têm surgido e já promovemos ações específicas junto a startups", ressaltou Kurpan.

Para Marcio Alexandre Malfatti, o Blockchain pode funcionar de maneira efetiva em contratos cujas interpretações sejam simples. "Para tudo que tiver apenas duas possibilidades de respostas, 'sim' ou 'não', essa tecnologia funciona maravilhosamente bem, pois as regras de contrato nesse sistema são explícitas. O problema é quando há o 'se não ou o 'se sim', ou seja, situações em que existem interpretações complexas, o que gera a necessidade de uma assistência jurídica e regulatória para auxiliar empresas e consumidores. Neste caso, só a tencnologia não basta".

Malfatti não tem dúvidas sobre o impacto que o Blockchian pode causar na área jurídica das seguradoras. "Quem reclama da rapidez de liminares no segmento de saúde, o faz por ainda não conhecer o potencial do Blockchain", disse, arrancando risos da plateia.

O impacto das novas tecnologias no mercado de trabalho também foi abordado pelos participantes. Na avaliação de Robredo, as inovações ameaçam somente profissionais com baixa qualificação. "Há uma ideia unânime de que as inovações digitais acabam com os empregos. Ela extingue alguns e, ao mesmo tempo, criam muitos outros". Malfatti discordou: "O Blockchain poderá eliminar o trabalho de muitas pessoas qualificadas".

Fonte: CNseg

Praça Otávio Rocha, 65 - 1º andar
Centro Histórico - Porto Alegre/RS
CEP.: 90020-140
+55 (51) 3228.1999

News

Receba nossas novidades

LIGUE

+55 51 3228-1999

Ouvidoria
0800 703 1989
E-mail: ouvidoria@sinapp.org.br

Atendimento ao Deficiente Auditivo e de Fala através da TSPC-CAS – Central de
Atendimento a Deficientes Auditivos ou de Fala -
0800 200 0819 E-mail: sac.especial.auditivo.fala@sinapp.org.br

Atendimento ao
Deficiente Visual
0800-703-1989